domingo, 28 de setembro de 2014

Bolo de mirtilos

Fiz este bolo para participar no Dorie às sextas, ficou um bolo húmido utilizei uma forma de silicone.
É um bolo rápido e muit simples.
Para o paladar cá de casa, tinha manteiga em demasia, mas isso é um promenor.

Ingredientes:
Blueberry-brown sugar plain cake (p.36)

1 1/3 chávenas de farinha (usei doves farm self raising)
2 colheres de chá de fermento
1/2 colher de chá de canela (opcional)
1/8 de colher de chá + 1 pitada de sal
2 ovos grandes, separados
115 gramas de manteiga sem sal, à temperatura ambiente
1 chávena rasa de açúcar mascavado
1/2 chávena de leite gordo
450 gramas de mirtílios, de preferência frescos (se for dos congelados, não descongelar)

Açúcar em pó para polvilhar(não usei)


Pré-aquecer o forno a 190ºC e centrar a grade. Untar generosamente com manteiga uma forma rectangular de 18x28 cm (pode ser um pyrex). Peneirar em simultâneo a farinha, o fermento, a canela e 1/8 colher de chá de sal. Numa batedeira de pé ou com uma batedeira manual, com as pás para claras, bater as claras em castelo com uma pitada de sal. Se se usar uma batedeira de pé, mudar as claras para uma taça limpa. Mudar as pás para as de massa e bater o açúcar com a manteiga na velocidade média até ficarem creme. Juntar as gemas e bater por mais dois minutos. Reduzir a velocidade e acrescentar metade dos ingredientes secos, depois o leite e por fim o resto dos ingredientes secos, fazendo cada adição assim que a anterior esteja incorporada.
Com uma espátula de borracha, misturar cerca de 1/4 das claras em castelo, de modo a deixar a massa mais leve. Envolver gentilmente o resto das claras e, por último, os mirtílios.
Deitar a massa no tabuleiro untado e levar ao forno durante 35-40 minutos, ou até estar dourado e cozido por dentro. Deixar arrefecer no tabuleiro durante 30 minutos. Desenformar, polvilhar com açúcar em pó e servir morno.
Acompanhei com chantilly.

Pode servir-se cortado em quadrados, simples ou com doce de mirtílio, nata azeda ou crème fraîche. Aguenta 3 dias se bem embrulhado ou 2 meses se congelado.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Caril de bacalhau

Gosto de caril e de livros de receitas.... quando vi esta receita não hesitei e experimentei. É deliciosa e para mim ainda é ainda melhor no dia seguinte, ótima para levar na lancheira, marmita, do almoço.

Ingredientes:
  • Um fio de Azeite 
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • gengibre ralado q.b.
  • 2 tomates maduros picados
  • 150 ml água de cozer o bacalhau
  • 1 c.sopa de caril em pó (usei marca globo)
  • 1 c.de chá de coentros moídos
  • 2 chávenas de chá de grão-de-bico cozido
  • 500 gr de bacalhau desfiado cozido
  • coentros frescos picados a gosto
  • 4 c.sopa de iogurte natural
Preparação:
Coloque na bimby, deite o azeite, a cebola picada, o alho e o gengibre durante 5 min/100º/ vel 1  até amolecer.  Coloque o tomate a água do bacalhau 100º/vel1/ +5min.
No fim triturar na vel 10 até ficar cremoso.
Acrescentar o caril, o coentro moído e o grão-de-bico. Colher inversa/vel1/100º/15min.
Acrescente o bacalhau. Colher inversa/vel1/100º/5min.
No fim se ainda não tiver espesso deixar mais 4+/-5min.
No fim Deite no copo da bimby o iogurte envolva. Sirva com arroz seco e coentros frescos picados.


Dica: Para ter sempre gengibre fresco, quando compro descasco e congelo, na hora que necessito ralo congelado e guardo novamente o restante.
Receita adaptada do livro: Sabores exóticos à volta do mundo, editora Parragon.